TEC
Teatro Experimental de Cascais

ARSÉNICO E RENDAS VELHAS 

de Joseph Kesselring

TEC Teatro Experimental Cascais
132ª produção | 2012

ARSÉNICO E RENDAS VELHAS
de Joseph Kesselring
versão e dramaturgia Miguel Graça
encenação Carlos Avilez
cenografia e figurinos Fernando Alvarez
movimento Georges Stobbaerts
maquilhagem Joana Isfer
divulgação e comunicação Pedro Salazar
fotografias Alfredo Matos
registo vídeo MiguelÂngelo Audiovisuais
direcção de montagem Manuel Amorim
operação de som e montagem Augusto Loureiro
contra-regra e montagem Rui Casares
operação de luz e assistência de ensaios Jorge Saraiva
mestra guarda-roupa Teresa Louro
execução guarda-roupa Maria José Batista, Palmira Abranches
assistência à montagem Rui Martins
assistência ao espectáculo André Caetano, Mariana Viana, Raquel Caneca
secretariado Maria Marques
manutenção de guarda-roupa Virgínia Pão-Mole  

elenco de estreia 
Alberto Villar, Anna Paula, António Pedro Cerdeira, António Marques, Fernanda Neves, Filipe Abreu, Gonçalo Brandão, João Pedro Jesus, Luiz Rizo, Renato Pino, Rita Cabaço, Santos Manuel, Sérgio Silva e Teresa Côrte-Real

elenco de substituição 
Alberto Villar, Anna Paula, António Pedro Cerdeira, António Marques, Fernanda Neves, Filipe Abreu, Gonçalo Brandão, Gonçalo Carvalho, Joana Castro, João Pedro Jesus, Luiz Rizo, Romeu Vala, Santos Manuel, Teresa Côrte-Real 

distribuição
Abby Brewster Anna Paula
Reverendo Dr. Harper Luiz Rizo
Georgie Brewster João Pedro Jesus
Agente Brophy Teresa Côrte-Real
Martha Brewster Fernanda Neves
Elaine Harper Rita Cabaço/Joana Castro
Mortimer Brewster António Pedro Cerdeira
Sr. Gibbs Santos Manuel
Jonathan Brewster Sérgio Silva/Gonçalo Carvalho
Dr. Einstein António Marques.
Agente O'Hara Renato Pino/Romeu Vala.
Tenente Roony Luiz Rizo
Sr. Witherspoon Alberto Villar e Filipe Abreu, Gonçalo Brandão

"Arsénico e Rendas Velhas" é uma das mais célebres e divertidas comédias negras da dramaturgia do século XX. A peça conta a história de duas simpáticas senhoras de idade que envenenam os seus inquilinos para os livrarem dos sofrimentos do mundo, ao mesmo tempo que têm de lidar com os seus três sobrinhos desequilibrados: Georgie, que julga ser George W. Bush, Jonathan, um criminoso que depois de uma operação plástica mal sucedida se tornou num duplo de Frankenstein, e Mortimer, um crítico de teatro pouco perspicaz que descobre o segredo das tias no mesmo dia em que decide casar com a vizinha do lado. Escrita em 1941 por Joseph Kesselring, esta nova versão de "Arsénico e Rendas Velhas" atualiza o texto para os tempos modernos e marca o regresso de António Pedro Cerdeira ao Teatro Experimental de Cascais, mais de vinte anos depois de lá se ter estreado como actor sob a direcção de Carlos Avilez.

M/12 anos
duração: 120 minutos (com intervalo) 


23 ABR. a 17JUN. 2012
Qua. a Sáb. 21h30 | Dom. 16h00

Teatro Municipal Mirita Casimiro
Av. Fausto de Figueiredo, Monte Estoril