TEC
Teatro Experimental de Cascais


programação

17, 18 e 19 SET. | 5ª, 6ª e SÁB. | 21h00
A 20 DE NOVEMBRO de Lars Nóren
Inlight Produções

Vivo todos os dias atormentado pela sociedade. Todos os dias procuro uma forma de mudar tudo isto e de me vingar de quem me fez mal.
Sou o Sebastian Bosse e estou prestes a fazer algo que vai ficar na história.
Através deste monólogo escrito por Lars Norén, chegam-nos palavras frias e revoltantes, ditas por um jovem de 18 anos, que nos relata todo o sofrimento que lhe foi imposto. Alguém que sofreu na escola, quer por parte dos professores, quer por parte dos colegas, alguém a quem as regras impostas pelo sistema em que vivemos não convencem. Há, no entanto, uma ideia que o seduz, a ideia de se vingar e sentir a liberdade total depois de se fazer ouvir.

com João Santos
voz off Renato Pino, José Matos de Oliveira, Carlota David, João Bonneville
tradução Francis Seleck
encenação Jorge Costa
cenografia Carlos Costa
assistência de encenação Carlota David
fotografias Ana Marques, Marta Ferreira
design gráfico João Durão

classificação etária M/16 anos
duração 100 minutos sem intervalo

INFOS E RESERVAS inlightproducoes@gmail.com

BILHETES
normal: 10,00€
estudantes de Artes: 6,00€


25, 26 e 27 SET. | 6ª, SÁB. e DOM.| 21h00 e 22h30
OS MALEFÍCIOS DO TABACO de Anton Tchekov
5 Sentidos Produções

"Fugir, deixar tudo e fugir a correr sem olhar para trás. Para onde? Quem é que se importa?
Eu não preciso de nada. Eu estou acima de todas estas coisas baixas e sujas. Já fui novo e fui à faculdade. Eu tinha sonhos e sentia-me como um ser humano. Agora não quero nada - nada para além de paz e silêncio".

com André Simões
tradução 5 Sentidos Produções
dramaturgia Rui Lemos
encenação Rui Lemos
cenografia 5 Sentidos Produções
assistência de encenação Mariana Viana
desenho de som e luz Rui Lemos
operação de som e luz Gonçalo Lucas e Mariana Viana
assistência ao espectáculo Caio Almeida
fotografias Gonçalo Lucas
operação de câmara Bernardo Garcia Marques
edição de foto e luz Bernardo Garcia Marques
produção 5 Sentidos Produções
cartaz Gonçalo Lucas
direcção artística Rui Lemos

classificação etária M/12 anos
duração 40 minutos sem intervalo

INFOS E RESERVAS cincosentidosproducoes@gmail.com

BILHETES
normal: 10,00€
estudantes de Artes: 6,00€


26 e 27 SET. | 6ª, SÁB. e DOM.| 16h00 e 17h30
A HISTÓRIA DA CAROCHINHA
5 Sentidos Produções

A História da Carochinha é um conto tradicional que encantou gerações ao longo dos tempos e que está presente no imaginário de todos nós! Depois de encontrar uma moedinha enquanto varria o chão, a linda Carochinha decide comprar um vestido de noiva, e vestida a rigor canta à janela para encontrar o seu amor. Depois de recusar vários pretendentes, por serem muito barulhentos, encontra finalmente o João Ratão. Com uma voz meiga e fininha agradou à Carochinha e logo decidiram casar. No dia do casamento tudo corre mal, o João Ratão por ser guloso caiu num caldeirão de sopa de feijão. Uma história cheia de magia onde aprendemos que a gula pode por vezes correr mal, de onde retiramos uma lição tão antiga como este conto.

com Caio Almeida, Gonçalo Lucas, Mariana Viana
criação | música 5 Sentidos Produções
encenação Rui Lemos
assistência de encenação | apoio vocal Mariana Viana
cenografia 5 Sentidos Produções
fotografias Gonçalo Lucas
figurinos Ana Santos
operação de câmara Bernardo Garcia Marques
edição de fotografia e luz Bernardo Garcia Marques
produção 5 Sentidos Produções
ilustrações Gonçalo Lucas
direcção artística Rui Lemos

classificação etária M/3 anos
duração 50 minutos sem intervalo

INFOS E RESERVAS cincosentidosproducoes@gmail.com

BILHETES
normal: 4,00€


1, 2 e 3 OUT. | 5ª, 6ª e SÁB.| 21h00
REVOLUÇÃO POR AMOR de João Pires com excertos de textos dos actores
Play Company

A três dias de uma estreia a cultura morreu, fecharam-lhe as portas por uma guerra com repercussões trágicas económicas. O que fazem todos os envolvidos no espectáculo? O que fazem os artistas? O que faz o público?
Os artistas deste espectáculo morrem de amor. Como manifesto ao espaço que é tão maior que eles, eles representam para quem conhece melhor o teatro do que qualquer ministro ou presidente: a sala de teatro. Existe morte mais bela que morrer de amor a pedir aquilo que os faz viver? A continuar mesmo que digam que terminou?
A revolução começa no momento da decisão de: no dia da estreia aquele objecto artístico vai prevalecer porque nenhum actor, bailarino, músico vai ficar em casa. Vão fazer tudo como se fosse um dia normal de estreia, mesmo que isso possa representar uma despedida, aquele espaço tem direito a uma boa despedida. Vão comunicar, cantar e dançar como se fosse a última vez, como todos os artistas se sentem todas as vezes pela precariedade da situação em que somos colocados.
O espectáculo que iam estrear comunicava através dos quadros de Edward Hopper, uma ligação à utopia e distopia.

com Érica Rodrigues, Fábio Batista, Isac Graça, Mariana Guarda, Matilde Cruz, Mauro Hermínio, Inês Realista, João Pires e Sandra Sousa
músicos Fábio Batista, João Valinho e Yuri Santos
bailarina Melanie Ferreira
cantores Filipa Azevedo e Yuri Santos
encenação João Pires e Vera Gromicho
assistência de encenação Isac Graça
composição musical Yuri Santos
coreografia Melanie Ferreira
acompanhamento vocal Filipa Azevedo
desenho e operação de luz Bernardo Martins
vídeo promocional Eduardo Breda
produção PLAY COMPANY
design gráfico Tatiana Félix

classificação etária M/14 anos
duração 100 minutos sem intervalo

INFOS E RESERVAS play.theatre.c@gmail.com

BILHETES
normal: 10,00€
estudantes de Artes: 6,00€