TEC

Teatro Experimental de Cascais

BEATRIX CENCI

de Graça P. Corrêa

TEC Teatro Experimental de Cascais
170ª produção | 2021 

BEATRIX CENCI
de Graça P. Corrêa
encenação e dramaturgia Graça P. Corrêa
cenografia | figurinos Fernando Alvarez
desenho de luz Fernando Baranda
desenho vídeo José Teresa Marques
apoio movimento Inês Tarouca
assistência de encenação António Sofia e Helder Bugios
direcção de cena Rodrigo Aleixo
produção Raul Ribeiro
direcção de montagem Rui Casares
operação de luzes | montagem Jorge Saraiva
operação de som e vídeo Hugo Neves Reis
execução de figurinos Rosário Balbi
costura Inês Ariana, Luísa Nogueira
assistência de cenografia, figurinos e adereços Ricardo Reis
fotografias de cena | materiais gráficos Ricardo Rodrigues
secretariado Maria Marques
contabilidade Ana Landeiroto
auxiliar de manutenção Clarisse Ribeiro

interpretação Carolina Faria, Flávia Gusmão, Francisco Monteiro Lopes, João Fialho, Leandro Paulin, Luciana Ribeiro, Luiz Rizo, Marco Sá Pedroso, Renato Godinho, Renato Pino, Sérgio Silva, Soraia Tavares, Teresa Côrte-Real 


distribuição
Conde Francesco Cenci Renato Godinho
Beatrix, sua filha Soraia Tavares
Beatrix*, dupla aparição Carolina Faria
Cardeal Sforza Luiz Rizo
Lucrezia Cenci Luciana Ribeiro
Giacomo Cenci Marco Sá Pedroso
Bernardo Cenci João Fialho
Principe Colonna Leandro Paulin
Don Curzio Renato Pino
Terceiro Conviva Sérgio Silva
Orsino Calvetti Sérgio Silva
Plautilla Calvetti Flávia Gusmão
Mulher XXI Flávia Gusmão
Santi Francisco Monteiro Lopes
Ulisse Moscato Renato Pino
Don Tommasino Savella Francisco Monteiro Lopes
Inquisidor Leandro Paulin
Artemisia Gentileschi Teresa Côrte-Real


Um espetáculo sobre uma heroína trágica cuja história incendiou a imaginação artística e inflamou o pensamento feminista, desde a sua morte por decapitação a 11 de Setembro de 1599.Em latim, o nome feminino Beatrix associa-se à felicidade, a quem é portadora de alegria. Com este espetáculo pretendemos explorar o antagonismo e ambivalência entre princípios aparentemente irreconciliáveis de bem e de mal, de amor e de ódio, de luminosidade e de obscurantismo; bem como revelar o dilema ético entre a culpa jurídica e a inocência moral.Mas Beatrix Cenci existiu realmente. Filha do famoso Conde Francesco Cenci-um patriarca despótico que submeteu a sua família, vassalos e lacaios aos crimes mais cruéis, incluindo violação, incesto e homicídio-Beatrix viu-se envolvida numa conspiração que terminou em parricídio.Apesar dos protestos do povo de Roma, movido pela defesa da jovem face à depravação do seu pai, o Papa Clemente VIII não perdoou os assassinos e Beatrix foi torturada e decapitada com apenas 22 anos. A sua história deu origem a criações em todos os domínios artísticos: pintura (o seu retrato na prisão atribuído a Guido Reni foi talvez executado por Elisabetta Sirani), literatura (Stendhal, Alexandre Dumas pai, Charles Dickens, Stefan Zweig), teatro (Alberto Moravia, Antonin Artaud), fotografia (Julia Margaret Cameron), escultura (Harriet Hosmer), cinema e ópera.A versão agora apresentada no TEC é da autoria de Graça P. Corrêa, inspirada na tragédia em verso do poeta gótico-romântico Percy Shelley. Tomando como fio condutor a narração de uma pintora da época, Artemisia Gentileschi-também ela vítima de abuso sexual e só celebrada pela sua notável e vasta obra em 2020-este espetáculo lança luz sobre o contexto social e posteridade feminista desta figura mítica que se tornou num símbolo de resistência contra os abusos da Inquisição e da tirania patriarcal.

M/14 anos

agradecimentos 
FX ROAD LIGHT


13 NOV. a 12 DEZ.
Teatro Municipal Mirita Casimiro, Estoril | Qua. a Sáb. 21h00 | Dom. 16h00

A partir de 1 Dezembro, de acordo com as novas medidas de controlo da pandemia decretadas pelo governo, será necessário apresentar certificado digital de vacinação à entrada do Teatro Municipal Mirita Casimiro, obrigatório no acesso a eventos com lugares marcados.
Esperamos por todos em segurança.


BILHETEIRA

informações e reservas: acontecenotec@tecascais.com | 214 670 320 | 968 780 762
horário de bilheteira (a partir do dia 10/11):
Qua. a Sáb. das 19h00 às 21h00
Dom. 14h00 às 16h00

bilhetes à venda: lojas FNAC | TICKETLINE